Bettencourt em Entrevista



Numa entrevista concecida ao Jornal Sporting, Bettencourt relembrou aos adeptos a necessidade de apoiarem a equipa, e quem sem eles o Sporting não é nada.
Leiam aqui algumas das perguntas:

JORNAL SPORTING – Está tudo pronto para que a equipa de futebol profissional comece a trabalhar?

JOSÉ EDUARDO BETTENCOURT – Está muita coisa preparada. Aproveitámos muito bem esta pré-época um bocadinho mais prolongada. Não só em termos de equipa/jogadores, mas acima de tudo no espírito de corpo que estamos a criar, mesmo fora do grupo estrito de trabalho profissional. Foi um tempo muito proveitoso; acho que «limámos muitas arestas». Tivemos também de reorganizar e preparar um grupo novo e é nesta fase em que o Sporting vai completar 104 anos de vida que obviamente queremos que o futebol tenha os mesmos êxitos que tiveram as outras modalidades. Foi um ano muito positivo do ponto de vista do nosso compromisso com o eclectismo; vitórias muito importantes no atletismo, no andebol, no futsal, na natação, no judo; todas as modalidades estão de parabéns e temos a convicção de que, com o apoio dos sportinguistas, vamos fazer uma época boa também no futebol que, quer queiramos, quer não, é a mola real, ou uma das molas reais deste grande Clube. É nisso que estamos apostados, e é nisso que vamos vender muito caro o nosso trabalho e o nosso desempenho, para bem do Sporting e dos sportinguistas.

As expectativas são, portanto, elevadas?

As expectativas são sempre elevadas. Acho que um Clube como o Sporting, com o historial que tem, tem sempre obrigação de fazer mais e melhor. Neste caso, o mais e melhor significa ganhar. É para ganhar que todos estamos imbuídos e é para ganhar que o grupo, em sentido alargado, está preparado.

Que mensagem deixa aos adeptos do Sporting?

Quero deixar uma mensagem de muita confiança, mas também lhes peço apoio, porque estamos numa fase muito importante; foi um ano – no futebol – atípico, por inúmeras razões que não vale a pena falar. É com o pensamento e com confiança no futuro que se trabalha no Sporting. Obviamente, essa confiança no futuro só faz sentido com o apoio da nossa extraordinária massa associativa e, numa fase em que estamos a renovar as Gamebox, trabalhamos 24 horas por dia a pensar neles e o apoio deles é fundamental para que nos sintamos cada vez mais fortes e com as ambições cada vez mais legitimadas.

Comentários