Convocados Leiria - Sporting / Declarações Paulo Sérgio

Convocados:

Guarda-redes: Rui Patrício e Tiago;

Defesas: Torsiglieri, Daniel Carriço, Evaldo, Cédric, Nuno André Coelho, João Pereira e Abel;

Médios: Maniche, Valdes, Zapater, André Santos, Diogo Salomão e Vukcevic;

Avançados: Saleiro, Yannick e Postiga.


Conferência Imprensa Antevisão Leiria - Sporting - Paulo Sérgio

“Acredito que sim (que é possível recuperar os dez pontos de atraso), até porque o FC Porto vai perder pontos. Tem feito um percurso imaculado, de grande nível, com excelentes resultados. Acredito que éramos merecedores de outro tipo de pontuação, mas o futebol é isto mesmo, perdemos pontos, não tivemos desempenhos tão maus que levassem à perda desses pontos, mas não podemos deixar pontos pelo caminho, sob pena de não nos conseguirmos aproximar quando os nossos adversários perdem”, disse, falando depois numa certa malapata com as bolas nos postes. “Apesar de todo o mérito dos adversários, é um facto que temos tido uma grande dose de infelicidade, com níveis baixos de eficácia. O desempenho no campeonato não tem sido diferente do da Liga Europa mas os resultados sim. Terminamos os jogos com 20 remates na baliza adversária e um na nossa, são contingências que temos de lutar contra elas”

“Nós não temos de nos sentir influenciados pelo que a U. Leiria fez na última jornada, até porque espero uma U. Leiria completamente diferente, a jogar em Losango, com os regressos de Vinicius, Silas e Carlão, uma U. Leiria a regressar à estrutura dos últimos dois/três anos e não o que jogou no Dragão”

Penso que o Pedro [Caixinha] fez um determinado tipo de experiência que não lhe correu bem e que, muito provavelmente, vai voltar ao registo anterior, de uma equipa consistente defensivamente com Paulo Vinicius, além dos regressos de Silas e Carlão. Acredito que vou tê-los pela frente”

“As ausências são sempre de lamentar, mas nunca arranjei desculpas para nada. Acreditamos plenamente naqueles que vão jogar em Leiria. Os jogadores já sabem há algum tempo quem irá entrar. Perdemos o Liedson na última partida, recuperámos o Yannick e o Saleiro, temos um grupo com algum equilíbrio”

“Dava-me jeito ter um bom relvado. Não sei se é uma medida a ir para a frente, cada vez há mais materiais próximos do relvado natural. Da minha experiência pessoal enquanto jogador não gostei, mas não existiam materiais de nível superior, mais evoluídos, como há hoje em dia. A falta de qualidade do relvado de Alvalade é um factor muito difícil para nós. A bola não tem uma direcção uniforme, anda sempre a saltitar, mas é uma realidade com que temos de viver enquanto não for encontrada uma solução”

Comentários