Evaldo e Jaime Váldes são mais valias




Evaldo e Jaime Valdés são, das contratações feitas pelo Sporitng no defeso, aquelas que mais peso apresentam na formação orientada por Paulo Sérgio em todas as competições. O defesa pelos minutos de utilização e o médio pelos pormenores decisivos que já teve.

Dos cerca de 13 milhões de euros que a SAD leonina investiu para reforçar o plantel no Verão, cerca de 6,5 têm já rendimento comprovado, se olharmos à frieza dos números.
 Evaldo, que custou três milhões de euros e já jogou 1898 minutos com a camisola leonina, e Jaime Valdés, que obrigou a um investimento de 3,5 milhões, tendo 892 minutos, mas com lances e golos decisivos - quatro que deram sete pontos, um com o líder F. C. Porto - são os jogadores com mais peso na equipa.
De todos os reforços, Hildebrand é o que menos utilização tem, apenas 180 minutos, mas chegou a custo zero ao clube. Em clara perda de influência no onze estão Nuno André Coelho, que regista 846 minutos para um custo estimado de dois milhões de euros, e Zapater. O espanhol contabiliza apenas 682 minutos, tendo custado o mesmo que o defesa central ex-F. C. Porto.
Ainda com muito terreno a percorrer para convencer Paulo Sérgio e justificar os cerca de três milhões investidos está Torsiglieri. O argentino regista uns esporádicos 466 minutos.
Também Diogo Salomão, que custou apenas 100 mil euros, não joga há muito, levando 522 minutos, mas é um jogador jovem ainda em adaptação.
No pólo inverso está o nítido caso de sucesso André Santos. O médio que veio da formação e de um empréstimo na U. Leiria leva já 1597 minutos, vendo a sua influência crescer de jogo para jogo na manobra da equipa, como se viu no embate mais recente, com o Portimonense, em que selou o triunfo leonino com a obtenção do terceiro golo, o seu primeiro.

In: Jornal de Noticias.



Comentários