Amido Baldé, Nuno Reis e Cédric Soares ajudam Portugal a empatar frente à Colômbia!


A Selecção Nacional Sub-20 estreou-se na edição de 2011 do Torneio de Toulon com um empate frente à Colômbia. Portugal teve uma boa estreia no torneio, tendo conquistado um ponto que poderá ser importante para a passagem portuguesa à próxima fase.

No intervalo, os Sub-20 portugueses perdiam por 1-0 devido ao golo de James Rodríguez. De início jogaram Nuno Reis, “capitão”, e Cédric Soares na lateral direita, mas, logo aos 55 minutos entrou o avançado emprestado pelo Sporting ao Badajoz, Amido Baldé de 1,93m. A entrada de Baldé no encontro foi decisiva, pois foi o jovem leão que estabeleceu a igualdade que a Colômbia não conseguiria evitar, tendo até ao final do encontro sido Portugal a dominar o encontro.

De destacar também a boa exibição do lateral direito colombiano recentemente apontado ao Sporting, Santiago Arias, que alinhou durante os 90 minutos.

Jogadores para emprestar ou para ficarem no plantel da próxima época?

Comentários

CL_Sporting disse…
Nuno Reis foi um autêntico patrão, foi tudo dele!
Miguel S. disse…
sem duvida. vi o jogo e gostei muito desse central! parece que temos jogador!
Tiago disse…
Não concordo com a análise que fazes do jogo de ontem.
Não achei o Arias nada de especial, também não deu para ver muito, mas acho que o Cédric é bem superior e tem maior margem de evolução (fez um bom jogo, especialmente no apoio ao ataque, mas também a impedir algumas investidas do James).
O Baldé impressionou-me, não tanto pela sua capacidade física que eu já conhecia, mas por um ou outro pormenor técnico. É um jogador com características que fazem falta à nossa equipa. Se a época passada se queixavam da falta do pinheiro, então não percebo porque é que ele não integrou o plantel.
Já o Nuno Reis não me impressionou muito. Comentam muito sobre ele nos blogs sportinguistas, mas a verdade é que ontem perdeu muitos duelos com os avançados colombianos, esquecendo-se por vezes do seu posicionamento. Gostei mais de ver o Capela por exemplo, mas também não foi grande a diferença de qualidade. O Reis lembra-me o Carriço, tanto em estatura como nos movimentos em campo...e esse tipo de defesas centrais não me impressionam muito.
SL
António Araújo disse…
É um ponto de vista interessante, Tiago.

O Arias não se mostrou muito e sim, sem dúvida que ontem o Cédric foi superior mas o colombiano não deixa de ser um jogador a observar.

Em relação ao Baldé concordo plenamente. Se queriam tanto um pinheiro, tinham aqui uma boa hipótese.

Nuno Reis poderá ser melhor que Carriço mas sim, têm aspectos semelhantes. Pode não ter feito um jogo excelente mas foi sem dúvida o patrão da defesa.

Obrigado pelo comentário.