Um olhar sobre a partida

Como já vem sendo habitual, o Mercado Leonino faz a análise às partidas do Sporting no dia a seguir ao jogo, de forma a fazer uma crónica com razão e sem emoção. Pois bem, se tivesse feito este post ontem devia ser só expressões do tipo “Fo****, andam a brincar connosco?”, “Oh Evaldo vai tomar no c*”, “Djalo, atletismo é para ti”, etc. Logo para começar, entramos no jogo numa táctica no mínimo curiosa: 3x3x1, porque Djalo, Evaldo e Postiga não entram sequer no imaginário de uma equipa que se quer campeã. O jogo foi desenrolando, o Postiga a fazer chapéus do meio campo, Djalo a rematar sem nexo, enfim, o normal. Ao intervalo Jeffren sai (até aí o melhor do Sporting) por razões ainda não esclarecidas. Conclusão: Yannick jogou 90 minutos, ou melhor, esteve lá, porque nunca joga. De resto, uma exibição muito fraca, pior do que com Paulo Sérgio! Não vou fazer a análise individual, apenas deixo umas palavras para Domingos. Não vou pedir já a tua cabeça, mas se continuas a inventar e a meter merda a titular, esquece, com o meu apoio não contas. Uma coisa é jogar mal com os titulares, todos têm dias maus. Outra coisa é por Yannick e Postiga a titulares com Capel e Wolfwinkel no banco. Domingos, deixa de inventar e de uma vez por todas mete os melhores a jogar. E um bocadinho de ambição não fazia mal, considerar o resultado de ontem positivo é mau, parece que estás no Leiria.

Comentários

Anónimo disse…
100% de acordo.
Anónimo disse…
hj ao telefone com o meu pai cheguei a uma brilhante e reconfortante ideia que a ser verdade dou graças a tudo o que é mais sagrado. evaldo é mau e vamos ter de levar com ele ate ao fim nao ha volta, ja enquanto a postiga e djalol(a brilhante ideia se segue) estes so estao a jogar para ver se mostram alguma coisa e se aparece alguem para dar 5 euros ou uns cupoes do mcdonalds para os tirar de alvalade

Saudaçoes Leoninas
JL76
tiago SCP disse…
JL76,

Essa ideia é completamente errada pois quanto mais eles jogam menos probabilidades temos de os vender...

SL
Anónimo disse…
Vocês só querem jogadores que quando têm a bola façam fintas de outro mundo, centros excelentes e golos magnificos?


Para que entendam os titulares:

Evaldo joga porque não defende apenas, também ataca, também corre, também sabe cobrir as posições dos colegas... Pode falhar muito, mas dá imensas possibilidades ao treinador.

Djalo joga porque não finta apenas, ele troca facilmente de ala, troca facilmente com o PL, aparece na área como segundo PL, depois trabalha no meio campo na recuperação de bola, é muito útil no controlo dos criativos adversários ajudando a defesa e apoio o defesa lateral.

Postiga joga porque não remata apenas, ele procura a bola, traz o jogo de trás para a frente, vai às linhas, faz cruzamentos, pressiona sempre os defesas, segura a defesa adversária o mais atrás possível.
tiago SCP disse…
Anónimo das 21:57 impressionante, não sei como com essa descrição não jogamos ás mil maravilhas e não ganhamos a uma equipa de renome como o Nordsjaelland.
Aliás vê-se bem o resultado que dão essas fantásticas acções do Evaldo, Djalo e Postiga...

SL
Nando disse…
Antes de mais deixem-me dizer que eu já vejo futebol há + de 40 anos e percebo um bocadinho da matéria. Não muito mas o suficiente.

E eu digo isto porquê? Pela simples razão que eu desde inicio que não concordei com a vinda de Domingos (mas como foi o escolhido passou a ser o meu treinador) assim como não me acredito neste plantel e passo a citar o porquê?

Treinar o Braga e a Académica não é o mesmo que treinar o Sporting onde as exigências e a pressão são muito e muito maiores.

Domingos nestes 2 primeiros oficiais trocou-se toda metendo as mãos pelos pés estes pelas mãos etc.

Não é admissivel o Sporting a jogar em casa com uma equipa que tem como objectivo, fugir o mais rápido possivel do aspectro da descida de divisão, e apresentar um meio-campo defensivo onde não tem 1 único jogador que consiga segurar a bola nem que consiga destribuir o jogo.

Aquele meio-campo nunca pode ser constituido por Rinaudo, André Santos e Schaars ao mesmo tempo.

Se a jogarmos com o Olhanense em casa jogamos desta forma, então quando se jogar contra as equipas de topo, tira-se também os 3 homens mais adiantados e coloca-se em campo o Americano, o André Martins e o Carriço e fazemos um 11 com 1 guarda-redes, 2 laterais, 4 centrais e 4 médios defensivos.

Eu até acho piada que os últimos treinadores que passaram pelo clube jogavam com 2 médios defensivos e os adeptos ao contrário de agora criticavam.

Depois como é possivel deixar de fora o Carrilo quando nos jogos de pré-época, mostrou ser o ala em melhor forma apesar do pouco tempo que foi utilizado. Será que Domingos da mesma forma que muitos outros começando por Paulo Bento, é um treinador que vai a jogo com os nomes e não com os melhores? Os próximos tempos irão de certeza responder a esta pergunta.

Agora falemos das contratações e nestas não vou meter em causa o valor dos jogadores.

Mas foram contratações mal feitas e alguns dos casos arriscadas.

E eu digo arriscadas porque é uma incógnita que o Americano e o Bojnov que tiveram recentemente graves lesoes, possam dar garantias de fazer uma´inteira ao seu melhor nivel, o mesmo se estende a Schaars apesar de este em principio estar totalmente refeito da grave lesão que teve.

Depois adquire-se uma grande continuidade de miudos que na minha opinião serão apostas para a próxima época e não para essa porque tem muito do que passar.

Mas eu pergunto se esta aposta na contratação destes miudos foi a mais correcta? Pois eu acho que não. A maioria senão mesmo a totalidade irá passar a época toda entre o banco de suplentes e a bancada, sendo só opção quando as lesões e os castigos dos jogadores do Nucleo duro.
Para isso acho que seria preferivel ter apostado nos jogadores da nossa cantera que rodaram em outros clubes na época passada e o efeito era o mesmo e gastava-se menos.

Por fim temos a teimosia de Carlos Freitas e esta teimosia fez que o Sporting tivesse perdido jogadores que encaixariam como uma luva e baratos.
Falo por exemplo de médio defensivo Petrovic que foi vendido recentemente por 2 milhões de euros, falo do central Sebastien Coates que ganhou recentemente na edição de Copa América o prémio de revelação da Copae, cujo o seu valor actual, depois de se ter valorizado e muito depois da Copa América, é de 5,5 milhões de euros. Isto sim, aquisições para o presente e para o futuro pois ambos os jogadores ainda são jovens. Podia aqui acrescentar mais jogadores como por exemplo o Giovanni dos Santos cujo o seu passe está nos 2 milhões de euros, mas por agora fico-me por aqui.

Conclusão: Espero sinceramente que as coisas melhorem e muito de forma a que venham contrariar esta minha opinião, o que me deixaria como o homem mais feliz do mundo mas, no entanto, continuo a torcer o nariz.
António disse…
Em relação ao Postiga um ponta de lança vive de golos, do que vale, trabalhar para a equipa e ir buscar a bola ou pressionar os defesas, ele tem é de marcar golos e isso nao o faz, portanto nao faz falta ao sporting.
Deixar o Capel no banco é incompreensivel, como é possivel o Djaló ser titularissimo do Sporting, mas ta tudo a dormir.
Colocar três médios defensivos, o sporting nao é o Braga, e depois dizer que 0-0 é um bom resultado, por amor de deus.
Enquanto o sporting tiver o Postiga, o Djaló e o Evaldo,nao poderemos ter aspirações a mais.
Saudações Leoninas
tiago SCP disse…
Desculpem lá mas essa história dos três médios defensivos só culpa o Domingos quem está muito pouco a par do Sporting.
O Matias e o Luis Aguiar têm estado lesionados e o Izmailov ainda está muito abaixo de forma e não pode fazer os 90 minutos.
Depois também é óbvio que a táctica onde o Sporting se enquadra melhor é o 4x3x3 e por isso a única alternativa dele era pôr estes 3 em campo.
Ou criticam porque gostam ou porque não estão a par do que se passa no Sporting, porque já temos problemas suficientes para que os adeptos não venham acrescentar outros.

SL
Nelson disse…
Não concordo com o amigo Nando. De facto, treinar o Braga não é o mesmo que treinar o Sporting. Sem duvida. No entanto, ele levou o Braga à Champions e foi à final da Liga Europa. De outro lado, quando Villas Boas foi para o Porto, os adeptos tambem podiam dizer: Treinar a Academica não é o mesmo que treinar o Porto. No enatnto, viu-se