Um olhar sobre a partida

Finalmente a primeira vitória! Ao quarto jogo oficial da temporada (!) o Sporting alcança a primeira vitória, que se espera ser a primeira de muitas. O jogo começou com um lance que podia ter mudado completamente a eliminatória, com o Nordsjælland a falhar uma ocasião flagrante, com um jogador isolado. A partir daí o Sporting assumiu o jogo e os nórdicos não criaram mais oportunidades (até final do jogo). As oportunidades iam-se sucedendo, com Carriço, Djalo, Postiga e Capel a falharem as principais ocasiões de golo. O resultado ao intervalo era o nulo, com o Sporting numa posição bem delicada na eliminatória. Na segunda parte o festival de golos falhados continuou, com Bojinov a entrar na festa dos falhanços. O povo leonino desesperava e exultou quando André Santos colocou a bola dentro da baliza e fez o primeiro golo da noite, após um bom trabalho de Bojinov. O resultado era curto, e minutos mais tarde, depois de uma marcação exímia de um canto por parte de Capel, Evaldo empurrou a bola e fez o segundo golo. Numa altura em que a eliminatória já estava resolvida, o Sporting continuava por cima e podia ter aumentado o resultado, desperdiçando mesmo algumas oportunidades em superioridade numérica. Em cima do apito final, o Nordjaelland acabou por marcar o golo de honra, num lance fortuito em que a defesa do Sporting não esteve em bom plano. Objectivo cumprido, com uma boa exibição.

Patricio (6) – Não teve qualquer culpa no golo e no resto do jogo não teve trabalho. Evoluiu muito nas saídas, tendo mesmo interceptado uma bola com o peito e ter saído a jogar.

João Pereira (7) – Envolveu-se bem nos momentos ofensivos, visto a equipa adversária não causar grandes problemas no ataque. Muito activo e solidário.

Polga (7) – Não me lembro de ter sido contratado este Verão, mas parece um novo jogador. Bem na antecipação, em lances aéreos, enfim, um autêntico patrão.

Carriço (6) – Esteve bem, mas continua a insistir nos balões para o ar. Continuo a achar que seria melhor a dupla Polga/Onyewu.

Evaldo (7) – Esteve mais ofensivo do que o costume, o que acabou por resultar num golo marcado. Se continuar assim, arrisca-se a calar-me.

André Santos (8) – Bem a distribuir, a recuperar e a rematar, tentou a meia distância na primeira parte e na segunda conseguiu marcar, festejando o golo efusivamente. Um jogador À SPORTING!

Schaars (5) – Muito apagado, nem nos livres conseguiu evidenciar as suas qualidades. A este ritmo, Domingo fica a ver o jogo sentado.

Izmailov (6) – Em regiões mais centrais conseguiu pecar no jogo, não conseguindo fazer as suas habituais diagonais. A regressar a um nível físico interessante, o que é muito importante para a sua confiança.

Capel (9) – Muito bem, que jogador, que qualidade. Só não tem nota máxima porque não conseguiu marcar, mas de resto esteve sempre bem a ir a linha e a cruzar. Só peca em algumas jogadas em que tarda a largar a bola, mas sem linhas de passe é complicado.

Postiga (6) – A ineficácia do costume

Yannick (6) – Hoje tive pena do rapaz. Não gosto dele, e acho que devia sair, mas até no aquecimento foi assobiado. Tem de ser muito forte psicologicamente para aguentar tanta coisa, se fosse comigo provavelmente abandonava o campo a meio do jogo. Domingos tocou num ponto importante, a situação pessoal do jogador…

Bojinov (7) – Falhou uma ocasião soberana de golo, mas a sua presença na área foi importantíssima nos golos (especialmente no primeiro). A reclamar a titularidade.

Carrilo (6) – Entrou meio perdido, mas ainda teve um grande pormenor a desmarcar Capel.

Rinaudo (6) – Surpreendentemente ficou no banco, provavelmente por cansaço. Entrou com a raça habitual, factor muito importante na manutenção da vantagem.

Comentários

Anónimo disse…
yannick titular e rinaudo no banco.
JB disse…
lol evaldo 7?ele teve bastante mal e o carrico 6?teve mau a par de evaldo o izma devia ser 1 8 grande jogo e lhe das um 6 lool
Anónimo disse…
nao acho que onyewu seja melhor com polga... é certo que ele eh alto mas depois eh muito lento na corrida...
Anónimo disse…
Deixem jogar Djaló!
Anónimo disse…
Não me lixem que ontem o Yanick foi dos melhores.

Tb não consigo perceber como é que há imbecis que vão para o estádio assobiar uma jogador N-O-S-S-O, mesmo antes de o jogo começar.
Em que é que isso vai melhorar o rendimento do jogador?
Em que é que isso vai ajudar a equipa?
Em que é que isso vai valorizar o jogador?

Para ter malta desta, nem é preciso adeptos adversários, que nós nos encarregamos de assobiar os próprios jogadores do Sporting.

Inacreditável!

QWERT
Anónimo disse…
Entre os centrais o Polga dá muita segurança e Carriço está a mostrar que consegue iniciar jogadas a partir da defesa por isso penso que deviam levar a mesma nota.

Os laterais estiveram bem mas o João Pereira esteve mais 'presente' que o Evaldo.

O André Santos esteve muito bem a meio campo. O Izmailov de um lado e o Schaars do outro controlam muito bem o jogo, mas o holandes falhou alguns passes, enquanto que o russo esteve mais calmo na hora de usar a criatividade.

Capel foi o melhor jogador em campo pois os seus níveis de confiança foram aumentando à medida que os adeptos clamavam por ele. Sentido inverso esteve Djaló que, apesar de estar ao mesmo nível que Capel enquanto esteve em campo foi sempre assobiado pelos seus adeptos, que por diversas vezes esteve perto de os calar com grandes golos...

Postiga foi um jogador trabalhador mas egoista, não marca e não deixa marcar. Bojinov não tardará em ocupar o teu lugar!
Anónimo disse…
Djaló continuar a jogar para dares 3 ao benficas e mais uns quantos ao Porto. Estes adeptos só ficarão satisfeitos com o melhor do mundo... é complicado...