Um olhar sobre a partida


Só vi os primeiros 30 minutos, pelo que só vou dar uma opinião geral do jogo feita com base em comentários e crónicas que já li:

  • Equipa com mais atitude e autoridade a querer mandar no jogo, mas com sérias dificuldades na circulação de bola e na progressão ofensiva, algo que pode ser justificado pelo lamentável estado do relvado 

  • Grande dificuldade em encontrar espaços no meio-campo contrário, com os polacos a fecharem muito bem as zonas interiores quase como que convidando os laterais leoninos a subirem para depois apostarem no contra-ataque (tinham o nosso lado direito bem estudado);

  • Rui Patrício gigante, impediu que por esta altura já estivéssemos fora da competição;

  • Arbitragem muito fraca e tendenciosa, com um golo inválido a favor do Legia e um penalty por assinalar a favor do Sporting;

  • Murro na mesa dos renegados de Domingos (Carriço e André Santos), que depois de serem lançados por Sá Pinto durante o segundo tempo acabaram por marcar os dois golos (o golo de André Santos é de fazer inveja ao Quaresma, e aquele gesto de bater com a mão no peito e sobre o símbolo aposto que tinha um alvo…);

  • Apesar de ter uma vantagem por golos fora, não se espera uma tarefa fácil em Alvalade, com os polacos certamente a jogador na expectativa de num contra-ataque ou num lance de bola parada conseguirem um golo e relançar a eliminatória. Será então importante chegar ao intervalo com vantagem no marcador, com dois golos de preferência

Comentários

El Duque disse…
E viu bem. Interessava é ganhar!

Abraço


http://quintadelduque.blogspot.com/2012/02/sera-so-treinador-e-direccao.html
Anónimo disse…
gostei da sua opinião especialmente no comentario do andre santos... ele é bom jogador e ele quando fez aquilo decerteza que era para alguem...