Um olhar (tardio) sobre a partida


Sinal +

MVP: Izmailov _ Pela qualidade do golo, pela qualidade exibicional e essencialmente pelo que se esforçou merece o destaque. Cada vez tenho mais a certeza de que se não fossem as lesões, teria sido um grande nome do futebol internacional. Foi substituído aos 80 minutos cheio de cãibras, suor e um enorme corte na perna! Sem impedimentos físicos, pode estar lançado para um final de temporada em alta, e com isso o Sporting tem tudo a ganhar. Elegante dentro e fora do campo, como provam as suas declarações “Não festejo nem me riu porque tenho muito a dar a estes adeptos. Não são estes golos que vão compensar os meses que tive parado por lesão.”
Xandão/Polga _ Raramente comprometeram e ambos tiveram perto do golo. Enquanto que Xandão acrescentou altura e capacidade na construção de jogo (embora a sua eficácia tenha de ser melhorada), Polga manteve a concentração e o sentido posicional. Em suma, complementaram-se um ao outro, tendo uma actuação geral positiva. De realçar que nos últimos três jogos o Sporting não sofreu qualquer golo, apesar das sucessivas mudanças de dupla (Onyewu/Polga, Onyewu/Rodriguez, Carriço/Polga e ontem Xandão/Polga).
Carriço/Elias _ O primeiro pela enorme evolução que apresenta na posição 6, principalmente a recuperar bolas e a controlar o jogo aéreo, e o segundo pela elevada intensidade aplicada ao jogo (principalmente na 2ª parte) contribuíram decisivamente para um Sporting “mandão” e claro dono do jogo.
Capel _ Voltou à titularidade e às boas exibições, ainda que na segunda parte tenha caído de produção. Os seus cruzamentos são um perigo para a defesa contrária, podendo o Sporting logo aos 3 minutos adiantar-se no marcador com um golo de Insua e assistência de Capel. Saiu por regressar de paragem e não ter ainda o ritmo necessário para aguentar os 90 minutos, mas desde que saiu o Sporting raramente criou perigo.
 
Sinal –
 
João Pereira _ Começa a ser recorrente criticá-lo, mas se quando trabalha bem o elogio, quando não o faz tenho de criticar. Não acrescentou nada ao ataque, simulou penalty quando estava numa posição privilegiada para assistir Wolfswinkel e até podia ter sido expulso. Está recorrentemente a por a equipa em risco, o que não me agrada a mim e a qualquer sportinguista. Se não sair depois do Euro, vai ter concorrência pesada (Cedric).
Wolfswinkel _ Está sem confiança e muito lento a reagir, embora trabalhe muito em prol colectivo. Mas possa, queremos golos rapaz! Tenho confiança em ti, apesar de tudo!

Comentários