Palhaço & Palhaçada


Conhecido no futebol português pelas estritas relações que estabeleceu entre o Nacional e o Porto (vários lanches de fruta e leite) e por ser um dirigente exemplar, Rui Alves diz que o Sporting não devia estar na final da Taça (ler aqui). Agora questiono: se sabia que havia irregularidades, como por exemplo isso do voo, porque não disse nada antes? Não acha que acaba por cair no ridículo? Enfim, triste futebol português. A partir do momento que este ranhoso diz que o PPC é culpado e deve ser punido, já conheço o desfecho do caso, PPC está inocente.


Comentários

Jaime mestre disse…
E para mim o presidente do nacional não é o principal culpado. Eu ouvi A Bola Branca às 18h15 de hoje e logo a seguir a Antena 1 às 18h30 e tipo de informação era diferente. A Bola Branca com as declarações do presidente do Nacional mais parecia o Correio da Manhã, provocador em relação ao Sporting com 10 m de antena a esse presidente do Nacional. A Antena 1 com outro tipo de abordagem em relação ao Sporting. A Bola Branca Benfiquista serve para caluniar o Sporting ou então dar pouco tempo de Antena. Mais vale ouvir os outros tempos de desporto em outros canais de rádio.
Pedro Sousa disse…
De facto, a credibilidade que grande parte da comunicação social confere a declarações como a do Rui Alves, ao dar-lhe um eco inversamente proporcional à sua relevância ou pertinência legal, diz muito da competência e oportunidade na selecção, tratamento e valorização das notícias. A dois dias de uma meia-final de uma competição europeia, seria de esperar que pelo menos não se comportassem como tablóides. Mas isso seria esperar demasiado.
Fernando Alvega disse…
Para mim falar desse palhaço assim como de outros que andam a pastar no desporto português, é estarmos a perder tempo com coisas e pessoas insignificantes e sem qualquer nível.

Como dirigente do Sporting nesta altura só tinha uma coisa a fazer, cortar relações tanto com o Nacional como com o Marítimo.

Mas estas coisas só acontecem porque a corja que esteve à frente dos destinos do Sporting desde a saída de João Rocha, assim o permitiram ao levar o clube ao estado caótico em que se encontra.

Alguma vez João Rocha admitia que qualquer presidente que fosse tratasse o Sporting da forma como o tratam agora?
Até Pinto da Costa teve que baixar a crista naquela altura, altura esta em que o Sporting era o senhor e o dono do desporto em Portugal.