Jeffren, afirmação depende da dentição?


Jeffren chegou rotulado de craque, um reforço bomba tendo em conta a sua qualidade e a dimensão do campeonato português. Os primeiros jogos prometeram, Jeffren era o inconformado da equipa, aquele que empurrava o coletivo para a frente, desequilibrava e impunha um ritmo elevado na partida. Sedento de novas figuras e craques, o público de Alvalade acolheu o espanhol com grande carinho, que ficou latente logo na primeira jornada. Os jogos foram passando, as ausências prologavam-se e a suas credenciais não se confirmaram. Estamos perante um prodígio do futebol ou um lesionado crónico?

Ao que consta o departamento médico do Sporting, em conjunto com especialistas na área, encontrou a justificação para tanto problema de ordem física: o problema está nos dentes. De acordo com um especialista, o facto de um individuo não conseguir fechar a boca de uma forma articulada transmite às articulações de todo o corpo cargas que não são equilibradas, o que pode originar distúrbios de equilíbrio e musculares (o caso de Jeffren). Esperemos que a remoção do(s) dente(s) seja a chave para o sucesso de Jeffren, caso encontro regularidade será o maior reforço da próxima temporada.

Comentários