Agentes e Comunicação Social


Hoje em dia a informação circula a um ritmo alucinante, de minuto a minuto várias são as atualizações feitas num qualquer portal da Internet. Com tamanha disposição de informação, a forma como é gerida, e por vezes aproveitada, assume tamanha importância em meios de grande procura, sendo que, em Portugal, destaca-se o futebol. Jornais desportivos online, rádios online, blogs, fóruns. Uma infinidade de acesso a notícias, que facilmente são divulgadas em todos os sítios referidos.

Nos últimos anos tem surgido com maior importância a figura do empresário do jogador, fornada liderada por Jorge Mendes. Supostamente, é o homem que gere a carreira de um atleta, toma as melhores decisões para a valorização do mesmo e procura as melhores soluções para a sua carreira. Mas onde acabam os interesses do cliente que os do agente se sobrepõem? É o que tem acontecido no nosso clube. Começou (com maior divulgação) com o Caso Izmailov, com o seu agente a alimentar a sedenta redação jornalística. Nos últimos tempos, praticamente todas as semanas (em especial em épocas de transferências), os agentes tem dado a cara. Recentemente, os de Wolfswinkel, Ínsua, Elias, Schaars foram convidados a comentar a situação contratual dos clientes e pouca trela deram ao cães esfomeados...

Nem sempre a visibilidade tem sido positiva. Há pouco tempo houve arrufo com o empresário de Xandão, não agradou a Sá Pinto que colocou o brasileiro no banco depois do regresso de Onyewu. Na atualidade, temos dois papagaios: o advogado de Adrien, que (qual bipolar) tanto afirma que não vai renovar como não exclui essa hipótese, e o pai e empresário de Jeffren, que ontem afirmou que se não for para jogar, quer o seu filho fora do Sporting (algo que o jogador veio desmentir no twitter). Uma sugestão para evitar polémicas: na assinatura do contrato, que tal acrescentar umas clausulas RÍGIDAS referentes a declarações e utilização racional das redes sociais?

Comentários

Álamo disse…
Não sei da exequibilidade legal da sugestão, mas que me parece extremamente válida, não tenho a mais pequena dúvida.

SL
Sapintista disse…
Mas é que isso vale mesmo títulos!
Apoiado.


Sapintista SVPN