Amido Baldé: Gigante com cara de menino.

Encerrada que está a participação portuguesa no torneio de Toulon, é hora de falar um pouco sobre o jogador que mais se destacou na "equipa das quinas".
Amido Baldé, avançado dos quadros do Sporting, que nesta última temporada se dividiu entre o Santa Clara e o Badajoz, chamou para si todas as atenções em França. Com uma constituição física deveras invulgar, o poderoso avançado de 1,94 m e 84 kg, marcou nos dois primeiros jogos contra a Colômbia e Itália, embora em nenhum deles tenha começado de início, e ainda esteve na origem da jogada do golo que valeu o triunfo sobre a Costa do Marfim, que se revelou insuficiente para a equipa nacional passar a fase de grupos!
Esta "jóia de África" chegou ao Sporting em 2008 e nesse mesmo ano, festejou o título de campeão nacional de juniores. Desde logo se destacou pela sua capacidade física e poder de finalização, tendo marcado golos importantíssimos pela equipa leonina. 
Com apenas 20 anos, o internacional sub-21 poderá vir a tornar-se num jogador muito importante num futuro próximo. Tem características muito invulgares e apresenta também um bom jogo de pés, o que nem sempre é fácil para um atleta da sua altura.
Quando o tão falado "pinheiro" parecia já ter sido esquecido pelos lados de Alvalade, eis que surge este guineense, a causar mais uma excelente "dor de cabeça" aos responsáveis do futebol do Sporting.

Na minha opinião, este jogador deveria "rodar" num clube mais competitivo. Com todo o respeito que a equipa espanhola me merece, não me parece que o Badajoz seja o clube mais indicado para Baldé evoluír.
Apesar do pouco sucesso que o jogador obteve enquanto esteve nos Açores, a representar o Santa Clara, eu gostaria bastante de o ver num clube da primeira Liga...

Um pouco na linha do que se passou este ano, com Wilson Eduardo... talvez o Beira-Mar fosse o clube indicado para receber este gigante... com cara de menino...

Comentários

Tiago disse…
Já desde que chegou ao sporting que sigo o Baldé. Vejo grandes capacidades nele. O físico impressiona, e a evolução técnica dele tem sido mais do que apreciável nestes últimos tempos. É um ponta-de-lança alto, forte, mas não é nenhum tosco com a bola nos pés, sabe vir atrás buscar jogo assim como sabe descair para as alas. Vejo-o no futuro no Sporting, mas por enquanto devia evoluir emprestado a outro clube, de preferência em portugal, no continente (a grande culpa dele não ter tido grande evolução no Santa Clara foi porque não se adaptou aos açores...não percebo porque é que depois o Sporting o foi emprestar ao Badajoz! enfim...)
Anónimo disse…
o balde aqui no badajoz, jogou pouco, e foi muito criticado pelos adeptos do badajoz... mas nos jogos que tive oportunidade de ver, criou desiquilibrios nas defesas contrarias e da a empresao que ele desaparecia do jogo muito por culpa da equipa
Miguel S. disse…
Nao seria facil para nenhum jogador com 19 anos (a idade dele quando foi para badajoz) levar uma equipa ás costas... principalmente uma equipa com um plantel muito fraco, e que esteve sempre com o fantasma da descida bem presente. terá sido a unica soluçao possivel para balde? a pergunta fica no ar...