Leões na Copa America.

O Sportinguista Alberto Rodriguez, conseguiu um importante feito com a sua selecção. O Peru bateu a favorita Colômbia por 2-0, após prolongamento (0-0 no final dos 90 minutos), e qualificou se desta forma, para as meias finais da competição sul americana.
O central leonino, actuou todo o encontro, e mais uma vez, rubricou uma exibição ao seu estilo. Discreto e seguro. Cometeu uma grande penalidade, sobre Dayro Moreno (jogador que esteve com "um pé e meio" no nosso clube), ainda no tempo regulamentar, que viria a ser desperdiçada por Falcao, mas esse facto em nada, afecta a espetacular campanha que o nosso novo reforço está a efectuar na Argentina.

Andre Carrillo não teve oportunidade de actuar nesta partida.

Comentários

Anónimo disse…
Sinceramente acho que os dois peruanos não vão ser titulares em Alvalade. Penso que o Daniel Carriço vai ser o titular indiscutível porque é o capitão ao lado do Onyewu. O Rodriguez vai ser o nosso suplente de "luxo" que vai trocar muitas vezes com o Onyewu pois já deu para ver que o americano é de altos e baixos com as lesões. Polga é o nosso 4º central e penso que devia ter saído. Tem muita experiencia e maturidade, mas já nao tem a qualidade necessaria para representar o Sporting. Penso que Torsiglieri teria sido uma boa opção para desenvolver dentro do plantel, mas tambem nao acho que seja um central espectacular e o emprestimo vai ser crucial para vermos que tipo de jogador temos ali. Carrillo tem potencial mas tem que ser emprestado. Não é justo para com o Salomão incluir-mos o Carrillo no plantel e termos emprestado o Salomão e até mesmo o Wilson Eduardo que eu pensei mesmo que ia ficar no plantel. Carrillo pouco ou nada jogou pela sua selecção. Se nao tem espaço na selecção do Peru nao tem no Sporting. Acho que devia ser emprestado a equipas do meio da tabela para baixo do nosso campeonato.
Miguel S. disse…
obrigado pelo comentário. foi uma boa análise.
Anónimo disse…
Anónimo a moody considerava essa análise lixo.

SL
Anónimo disse…
Estes comentários têm um "valor histórico". Que sirvam apenas de lição. Não vale a pena às vezes sermos tão peremptórios nos nossos comentários. Bom Natal!