Modalidades: Resumo da Semana

Futsal: Sporting 5 – 0 Loures

Os campeões nacionais chegaram facilmente ao 2-0, com golos de Deo e Caio, mas depois demoraram a conseguir sentenciar o jogo. O ala foi uma das figuras do encontro pela dinâmica que deu ao jogo verde e branco e abriu a contagem através de um lance individual. Depois, foi a vez de Caio conseguir o segundo dos «leões», após tabela com Buiu. No entanto, os «leões» viriam a entrar numa fase de desperdício, com muitas oportunidades falhadas, chegando ao intervalo a vencer por 2-0.



Andebol: Fafe 19 – 30 Sporting


O Sporting venceu em Fafe e mantém-se a um ponto da liderança do campeonato nacional de andebol. Os «leões» até entraram a perder por um parcial de 3-0, mas rapidamente deram à volta ao resultado, conseguindo uma vitória tranquila.

Ao intervalo os comandados de Pokrajac venciam por 11-15 e foram gerindo as incidências da partida com uma defesa forte e segura, que refreou o ímpeto do adversário. Hugo Figueira destacou-se na baliza com várias intervenções de grande nível (19 defesas), enquanto no ataque Pedro Solha voltou a evidenciar veia goleadora, apontando nove golos.


Hóquei em Patins: Sporting 8 – 5 Vasco da Gama


A equipa «leonina» jogou pela primeira vez, oficialmente, no pavilhão da Escola Secundária da Parede, com muitos sportinguistas presentes nas bancadas a apoiar a equipa «leonina» para a segunda vitória consecutiva no campeonato. O Sporting chegou ao intervalo a vencer por 3-1, golos de Gonçalo Alves, Hugo Lourenço e Diogo, com o resultado a ser lisonjeiro para a equipa que subiu, na época transacta, com o Sporting da III Divisão nacional.

No segundo tempo, a partida continuou a ter números equilibrados, mas a equipa de «Quim Zé» esteve sempre na dianteira no marcador e a controlar as operações, não deixando o Vasco da Gama sonhar com um resultado positivo. Assim, o Sporting conseguiu uma vitória justa, que deixa os «leões» com seis pontos após duas jornadas do nacional.


É de realçar também a conquista de mais um título europeu para o Sporting! O obreiro do feito foi João Silva, que se tornou campeão mundial na classe de sub-23. Parabéns Campeão!

Comentários