Capitão América salva leão adormecido


Foi um leão adormecido que hoje bateu o Beira-Mar em Alvalade, por duas bolas a zero, ambos os golos marcados por Onyewu de bola parada. 


O Beira-Mar entrou bem em campo, fez uma forte pressão forte e muito alta, o que obrigou a defesa e o meio-campo leoninos a errarem por diversas vezes, e a fazerem ressentir-se do mau momento que a equipa leonina atravessa. O Sporting bem tentava, mas a falta de qualidade do caudal ofensivo era notória, e foi a equipa do norte que mais vezes fez perigo. 
Aos 18 minutos, o nosso Capitão América fez o primeiro golo, após um canto convertido por Jeffren, Onyewu não perdoou no cabeceamento. 
O jogo foi-se desenrolando, com um leão muito adormecido e aquém das expectativas, numa partida em que os adeptos leoninos estiveram impecáveis e compareceram em peso (cerca de 38 mil), e quem mais para salvar a partida do que o central americano, que voltou a facturar ao minuto 27, após cruzamento de Diego Capel. 
Chegou ao fim a primeira parte, e os pupilos de Domingos Paciência pouco estavam a fazer para merecer a liderança no marcador.
Na segunda parte, mais do mesmo, um Sporting pouco eficaz, mas ligeiramente mais agressivo ofensivamente. Carrillo, que entrou para o lugar de Jeffren, imprimiu velocidade ao jogo, e fez duas ou três arrancadas fenomenais. 
Mais uma vez o Beira-Mar a fazer vários lances de perigo, que combinaram com duas bolas no ferro da baliza leonina e com vários cartões amarelos mostrados à linha defensiva leonina.
A partida foi chegando ao fim, com Diego Capel e Carrillo a poderem dar o ponto final na partida e fazer o 3-0, mas os extremos leoninos remataram para as mãos do guarda redes e para fora, respectivamente. 
 
Destaques:

Rui Patrício - Continua muito concentrado, cada vez mais forte nas saídas aos lances de bola parada e nos remates de meia-distância. Seguríssimo na baliza, tem tudo para ser o melhor guarda-redes do Mundo. Confesso que me rendi ao guarda-redes português, a quem a qualidade não falta.

Onyewu - A melhor unidade do Sporting, hoje. Muito seguro defensivamente, os adversários raramente passam por ele, e foi condecorado com 2 golos bem merecidos. Excelente, Capitão América. 

Meio-Campo - Muito apagado, Elias e Matias fizeram demasiado pouco para serem titulares nesta equipa, e Renato Neto foi o pior elemento do Sporting, perdeu muitas bolas e passes, só mesmo para trás, já para não falar de algumas faltas desnecessárias. É preciso dar tempo ao rapaz, ainda penso que pode ser muito útil no futuro. Aguardemos que regressem Rinaudo, Izmailov.

André Martins - Entrou muito bem na partida, criou várias linhas de passe e jogadas de perigo, que por pouco não foram concretizadas. A continuar assim, pode tornar-se um caso sério na luta pela titularidade no meio campo leonino. 

Carrillo - Realizou várias arrancadas que podiam ter dado em golo, não fosse o desperdício da frente de ataque leonina. É um jogador fortíssimo no 1x1 e concretizou um ou dois remates bem conseguidos. Fez aquilo a que nos tem habituado.

Jeffren/Capel - Muito apagados, a chama espanhola hoje não explodiu. Pouca sorte em alguns lances, principalmente Capel, que foi displicente e preferiu rematar para as mão de Jonas, a oferecer o golo a Ribas.

Ribas - Realizou uma primeira parte bastante fraca, com muita lentidão às costas, mas no segundo tempo teve mais posse de bola e tentou o golo, através de remates perigosos e cabeceamentos a rasar a trave. Força Seba, só falta a adaptação para começares a marcar!

Sporting regressa às vitórias! 



Comentários

Anónimo disse…
Só uma pergunta:
Não era melhor terem resgatado o Wilson Eduardo?
Agora digam o que dissesrem, que eu aceito!