Novela Bruma

Bruma será um CR(Cristiano Ronaldo) ou um FP(Fabio Paim) ? Os dois, aliás, ou três são muito bons jogadores, claramente acima dos outros da sua idade, mas há uma coisa importantissima que distingue CR de FP, Cristiano Ronaldo sempre teve cabeça, nunca se meteu em conflitos de empresários, sempre deu tudo o que pôde em prol do seu Sporting, já Paim o que queria era uma boa festa e que o ordenado ao fim do mês lhe caísse na conta. Bruma terá que escolher que caminho deverá percorrer, ficar no Sporting e ter oportunidade para desenvolver as suas capacidades e daqui a um ou dois anos dar um salto para um grande da Europa ou fazer como Paim e ir atrás do dinheiro, mesmo que para isso tivesse que passar meses sem competir, simplesmente a treinar.

Bruma está claramente a deixar-se levar pelo seu empresário (Catio Balde) e pelo seu advogado (Bebiano Gomes), ora vejamos, o Sporting numa das ofertas de contracto ao Bruma predispôs-se a dar-lhe 10% numa futura transferência mas Catio Balde rejeitou de pronto, porque queria que esses 10% fossem para ele, o mesmo Catio Balde sai da reunião e diz que faz tudo para salvaguardar os interesses de Bruma, olha eu pergunto-me para o Bruma não seria mais vantajoso ficar com 10% do seu passe do que dar essa percentagem ao seu agente ?

Quanto ao Bebiano parece-me obvio, fez um carreira como jogador que nunca foi muito famosa, não deu para amealhar certamente tanto dinheiro como desejaria, agora com o caso Bruma se ganhar 1 ou 2 Milhões de Euros numa comissão de algum clube por ele fazer com que Bruma não renove com o Sporting fica com a vida dele feita, e passa o resto dos seus dias como ele imaginou, a gastar o dinheiro que o futebol lhe deu. Primeiro o contracto de Bruma acabava no dia 31 de Julho , agora já acabou a 30 de Junho, este senhor Bebiano anda um bocado confuso não acham ?

É tudo isto muito triste, principalmente porque o principal lesado é o Bruma, ressalvo aqui as palavras de André Martins esta manha «Por vezes, quando somos novos, podemos ser mal aconselhados. Mas não sei se é esse o caso porque ainda não falei com ele. Com ou sem Bruma, quando começar o campeonato, vamos jogar com onze. Só faz falta quem cá está. Bruma é um jogador de muita qualidade mas, se não quer continuar aqui, um jogador sem vontade ia prejudicar-nos. Temos aqui muitos jogadores com vontade de aparecer e jogar» Faço destas as minhas palavras.


SL

Comentários

Anónimo disse…
Uma pequena nota júridica sobre o caso Bruma :
Nos termos do artigo 6º do anexo III do Contrato Colectivo entre a Liga Portuguesa de Futebol Profissional e o Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol, respeitante ao "Contrato de Formação", a duração do contrato de formação é de no máximo 4 épocas desportivas (nº 1).
Ora se Bruma assinou por 3 anos (até 2013) mais um ano como prometido (o tal contrato promessa) é jogador do Sporting até 2014 !
A tão falada norma da FIFA que estipula apenas 3 anos para a validade máxima de um contrato de formação não deve ser aqui atendida pois que não foi estipulada no referido contrato colectivo de trabalho. Tendo esse assunto (diferença entre a norma da FIFA e o estipulado em Portugal) que sêr tratado entre a FIFA e a Federação Portuguesa de Futebol com as devidas consequências para a FPF por não têr transcrito para a legislação Portuguesa o que a FIFA impõe.
Nada, portanto, que tenha a vêr com o Sporting, pois que se regem os referidos contratos pelo que está descrito na legislação em vigor em Portugal.
Assim, estão, Liga e Sindicato dos Jogadores, “agarrados” ao estipulado no Contrato Colectivo de Trabalho (4 anos) e cai por terra o argumento dos três anos como prazo máximo para um contrato de formação.
Julgo que deve ter sido este um dos argumentos utilizados pelo Sporting na sua contestação ao pedido de nulidade, deixando, assim, apenas uma saída para a CAP : dar como improcedente o pedido de nulidade interposto por Bruma porque na legislação em vigor em Portugal os contratos de formação podem ir até ao máximo de 4 anos, (sob pena de não o fazendo, estarem a “entalar” a FPF, a Liga e o Sindicato de Jogadores, estes últimos signatários do referido Contrato Colectivo de Trabalho).
Saudações LEONINAS.