Rodriguez cobiçado




O defesa do Sp. Braga Alberto Rodríguez está na órbita dos leões para a próxima temporada. O internacional peruano, de 26 anos, já está referenciado há algum tempo e encaixa no perfil traçado pela SAD do Sporting: é um valor seguro, com técnica acima da média e forte nas transições. Mesmo sendo um central relativamente baixo (1,83 metros), Rodríguez tem um poder de impulsão bastante elevado e compensa a falta de centímetros com um bom posicionamento. Representado por Jorge Mendes - empresário com fortes ligações ao Sporting -, o camisola 2 arsenalista está bem cotado em Alvalade e o seu futuro poderá passar pelo plantel às ordens de Paulo Sérgio.



Recorde-se que, na altura em que o Sporting acertou a contratação de João Pereira, os dirigentes leoninos tentaram, também, assegurar o concurso do peruano. Contudo, as aspirações bracarenses no campeonato condicionaram um negócio que, após o final da temporada, poderá ser consumado.



Com uma cláusula de rescisão cifrada em 6 milhões de euros, o central poderá deixar a formação minhota por um valor mais baixo. Os dirigentes do Sp. Braga estão dispostos a libertar o sul-americano por cerca de 4 milhões de euros, já que o central termina contrato em 2011 e não mostra intenção em renovar.



Aliás, Rodríguez já por várias vezes demonstrou vontade em abandonar a capital do Minho. Titular indiscutível na seleção do Peru, o defesa vê com bons olhos a possibilidade de rumar a Alvalade, não só pela dimensão do Sporting mas também pela melhoria das condições salariais.




Concorrência



No entanto, os leões não estão sozinhos na corrida pelo jogador bracarense. São vários os clubes estrangeiros interessados em Alberto Rodríguez, principalmente em Inglaterra e Espanha, países onde o central está muito bem referenciado. Contudo, o facto de ser um jogador extracomunitário fecha-lhe algumas portas em terras de Sua Majestade.



A cumprir a 4.ª temporada no Sp. Braga, El Mudo é um dos jogadores mais valiosos da segunda defesa menos batida da Liga. Contratado ao Sporting de Cristal (Peru) em 2005/06, o sul-americano cedo assegurou a titularidade na formação minhota e rapidamente começou a despertar a cobiça de vários clubes europeus devido às boas exibições nas competições europeias.



Este é mais um dossiê para Costinha e José Eduardo Bettencourt resolverem.



Record

Comentários