Izmailov e a perda de mentalidade


Izmailov será jogador do porto, tendo já acertado contrato (só falta definir quais os jogadores a trocar, só isso poderá cancelar o negócio). Mais um murro no estomago para os sportinguistas que vêm mais um bom jogador a trocar o seu clube por um rival (ainda se pode considerar?). Embora menos mediática que a de moutinho, é o cumprimento de um desejo antigo de Pinto da Costa que, mesmo contra o aconselhamento do departamento médico, será mais um ato de gestão danosa por parte de Godinho Lopes. Que Izmailov é para vender não há dúvida, um jogador que se recusa a treinar e a jogar vezes sem conta não merece o mínimo de respeito, só por cá ainda anda pelo dinheiro que tem a receber. Mas quando existe abordagens de clubes russos é mesmo necessário vender ao porto?

Dificilmente o Sporting receberá um euro por parte dos do norte, ou ficará com uma percentagem do passe (que é altamente estúpido, Izmailov tem perto de 31 anos e dificilmente será vendido por bons valores) ou trocará o passe total do russo por jogadores. O único bom negócio era trocar por Rolando. De resto, só se for dois. Miguel Lopes é um jogador interessante, internacional mas com tendência para se lesionar. Walter é goleador, mas no Sporting perdia-se no meio de tanta festa. Fucile e Souza, nem comento. Abdoulaye, Defour e Kleber seriam acrescentos de qualidade ao atual plantel mas Vitor Pereira conta com eles. De uma forma geral só aceitava o negócio por troca direta com Rolando, de resto só com alguns milhões mais um jogador (ou mais, e deixava os milhões de parte) dos que podiam interessar realmente (se repararem nem falei do Kadu, quem não renovou com o Rafael Veloso e tem Golas e Meira a crescer só pode estar a brincar à gestão de clubes).

Mais preocupante do que este negócio e do que poderá resultar dele é a mentalidade de inferioridade que se estabeleceu em Alvalade perante o porto. Só hoje já li que Carriço interessou realmente ao porto e que estes se mantêm atentos a João Mário, Pedro Mendes, André Martins e Patrício. Parecemos quase um clube satélite, uma rampa de lançamento antes de chegarem ao destino estabelecido. E a nós, adeptos, resta-nos acreditar que todos os jovens que vão sendo aposta se tornem ídolos e não judas. Talvez judas não seja o termo mais correto, porque o real pecador ainda está no clube. Durante pouco tempo.

Comentários

Anónimo disse…
Vcs já são um clube submisso há muito tempo... Parabéns.
Anónimo disse…
Ao anónimo
Sou contra estes negócios com os andrades, mas são vocês lampiões que nos vêm buscar jogadores de Futebol desde os Juvenis, Futsalistas (david, bebe,G alves, etc) ao andebol, ao Atletismo, etc o FCP não! Quando o Benfica tiver uma postura de respeito e consideração pelo Sporting, talvez o caminho seja outro! SL
Luis Bento disse…
Boas, queria saber se estás interessado em realizar troca de links:
http://sporting1906adeptos.blogspot.pt/
Anónimo disse…
ms qual o problema de ele ir para o porto? os ingleses trocam jogadores entre eles, os alemães, os italianos! a cultura futebolística deste país é de facto decadente! o izma n quer o Sporting. nunca joga. tem de sair. se o porto o quer se aceita trocar jogadores q a gente precisa qual é o mal?
não percebo!